A Hard Road – John Mayall and The Bluesbreakers


 
 960161_513496865408360_1997654561_n
 
    O ano era 1967. John Mayall, músico importantíssimo para a formação do blues britânico, perdeu um dos seus principais pilares: Eric Clapton! Ja ouviu falar sobre os muros de Londres, pichados com os dizeres ”Clapton é deus”? São exatamente desse período. Entao, como resolver esse pepino, maior do que a saída de Portnoy, do Dream Theater? Foi em Peter Green, que John Mayall encontrou a solução e confiança, a ponto de chegar para seu produtor, e dizer que estava tudo bem, pois ele encontrou alguém melhor que o Clapton ( !!! ). Então,nesse ano sai ”A Hard Road”, um álbum em que Green mostrou ser capaz de aguentar a responsabilidade, e deixou seus vibratos e fraseado por todo o álbum, que se tornou um dos favoritos, de mestres como Joe Bonamassa e Gary Moore. Aliás, Moore chegou ao ponto de gravar um disco inteiro em homenagem à Peter Green.
    A abertura com a clássica faixa homônima, com seu piano na introdução, é recheada de licks certeiros de Peter Green, e bends que arrepiam a espinha. ”The Stumble”, instrumental, contém um fraseado direto e cheio de nuances blueseiras, em que uma melodia central é sempre interligada à outras frases. ”Another Kinda Love”, regravada até por Bonamassa, aqui soa climática e quase melancólica, dando a vez  para ”Hit The Highway” e mais arranjos de guitarra bacanas. Já ”Dust My Blues”, entra já na toda, com peso e guitarra na cara! ” The Supernatural”, o destaque maior do álbum, mostra todo o feeling de Peter Green, e vibratos que serviram de escola para mestres como Gary Moore. Note o sustein dessa bagaça! ”Someday After A While (You’ll Be Sorry)”, já abre sexy desde o começo, e mais uma aula de licks bem feitos e melódicos, que tornam-se outra aula à parte. 
    Todas as canções desse álbum mostram o retrato de uma época, em que o talento direcionava a criação, e virar as costas para um álbum assim, é virar as costas para parte da história da guitarra. 
Obs: a versão remasterizada possui uma infinidade de bônus sensacionais, como ”So Many roads” , ”Your Funeral And My Trial” e ”It Hurts Me Too”.

Anúncios

Sobre hericksales

Guitarrista, professor de guitarra e violão a 11 anos.

Publicado em 23 de agosto de 2014, em Música, Pérolas desconhecidas e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: