Música x Humildade

1396009_524327197658660_324264206_n

    Todo ser humano, mais do que naturalmente, quando começa a evoluir numa determinada tarefa, se sente bem. Nós guitarristas, quando começamos a executar nossos licks favoritos, criar outros, tocar com mais precisão, e ter um domínio maior do instrumento, ficamos contentes. Óbvio! Isso é um sentimento com gosto de vitória. Ninguém se empenha, sem visar algum resultado! Então, essa evolução que está cada vez mais latente em você, começa a despertar a atenção de amigos, colegas, desconhecidos que te veem tocando em algum lugar, etc., que naturalmente, começam a elogiar, te dar o reconhecimento. Ai, vem o grande problema: a satisfação do reconhecimento, que algumas vezes, dá lugar ao ego! Quem nunca viu músicos que se sentem como o último biscoito do pacote? Soberbos, se sentindo inalcançáveis por conseguirem executar uma sextina rápida e um arpejo? Lembre-se que sempre, mas sempre, existirá alguém melhor que você. E alguém que você vai servir como exemplo. Você está no mundo, todos nós, para fazer bem aos outros ( todos nós vemos pela TV, o que acontece quando esse simples conceito, não é seguido…). Muitos se auto glorificam, fazem uma couraça de falsa humildade; ”não cara, que isso, não sou tão bom assim” , apenas para parecerem exemplos, mas só estão de nariz empinado, vendo os outros e o público , como escória, ate notar que em terra de cego, quem tem um olho só, é rei. Se deparam em outras situações, jams sessions com outros músicos, precisam tocar com outro equipamento ( falei disso a poucos dias ), se colocar em outras situações musicais, e notam que não são….nada! Exato! NADA! Se acha fodão , tocando magnificamente bem? Ok. Toque um blues em tercinas, durante 3 minutos, enfatizando cada nuance de cada acorde sem soar repetitivo, e veja até onde sua coleção de arpejos e palhetadas na velocidade da luz, vai te levar. Você está num mundo, onde Tony Iommi e Dimebag Darrel, já criaram os riffs mais pesados do planeta, Jimmy Page e Brian May criaram canções, que mais se pareciam com muralhas sonoras, onde Jeff Beck, Eddie Van Halen, Allan Holdsworth e Mattias IA Eklundh, fazem coisas sobrenaturais e inimitáveis, e num mundo onde Clapton, Hendrix, e Gary Moore, mostraram como conectar a alma, à uma guitarra. Pode parecer uma comparação engraçada, mas tome elogios da seguinte forma: avalie, se você os merece, e seja grato, mas os absorva e os ”consuma” como um copo de açaí! Um copo de açaí, como todos sabem, é muito energético e calórico. Pegue essa energia, e use como combustível; gaste-a se empenhando mais, e mais, e não fique de rabo sentado, se glorificando, e engordando, essa bomba de calorias. Somos todos humanos, frágeis e presenteados por um dom, que precisa ser trabalhado, tanto que se você ficar 2 semanas sem tocar, você vai se sentir um mero aprendiz na guitarra, pois perdeu muito da habilidade, provando, que a síndrome de fodisse, se esvai e não adianta nada ser arrogante e soberbo. Como eu disse, estamos no mundo, para fazer bem ao próximo, e se você for capaz de humildemente fazer isso com uma guitarra em mãos, e fazer uma pessoa sorrir, você está cumprimindo sua missão.

Anúncios

Sobre hericksales

Guitarrista, professor de guitarra e violão a 11 anos.

Publicado em 27 de agosto de 2014, em Música e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Texto matou a pau!
    Ao meu ver o problema começa quando o músico começa a supervalorizar o reconhecimento externo e esquece da busca interna, aquela faísca íntima que nos faz correr atrás dos nossos objetivos. Acaba preferindo uma carícia no ego do que o aperfeiçoamento individual. Temos que ser sinceros conosco, nós vemos esse tipo de coisa acontecer o tempo todo. Pode ser que a vibe do cara nem seja técnica extrema, porém ele supervaloriza o reconhecimento que as pessoas dão para isso e se esquece de fazer a música que corre em seu sangue, que a sua alma pede. Ao que você falou no final complemento dizendo que além de fazer bem, nascemos para servir ao próximo e toda vez que fizermos isso estaremos fazendo bem para nós mesmos também.

    Grde abrasss,

    Regisson Silva

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: