Rock e religião

1545651_568161936608519_2006992237_n

     Agora, o bicho pega…. quem nunca passou pela situação chata, de um dito ”cristão”, que vem pegar no seu pé, por você ouvir rock, por ir em shows, usar a blusa de uma banda, por usar brinco, ter alguma tatuagem, por respirar, se duvidar, e com a simples explicação: é do demônio. Ponto. Esses dias, me deparei com um texto, um trabalho, com tom acadêmico, de um dito cristão, falando sobre a origem do rock, e os malefícios que ele pode trazer para a juventude. Muito interessante. Esse prega bem o Evangelho, e está bem preocupado em mostrar Jesus, pois ele falou mais do coisa ruim, do que qualquer outra coisa. Entender o conceito artístico de uma música, álbum, filme, peça de teatro, seja o que for, é complicado, demanda certo tempo, estudo na obra, do contexto, então….muito mais fácil dizer que é do demônio. Simples! Sabe a foto acima? É do James Hetfield, do Metallica, numa foto, com luz vermelha em cima. Já ouvi, acreditem, que essa luz vermelha, era possessão demoníaca. Então, vamos lá: na década de 50, a juventude, não possuía voz ativa, algo que expressasse o que eles sentiam, daí surgiu o rock, dizendo o que ninguém dizia, o que ninguém queria admitir, o que ninguém queria ver. Certa vez, um teólogo falou comigo, sobre o conceito religioso, e das famílias, nos anos 50, quando surgiu o rock… a igreja, e o conservadorismo das famílias da época, bloqueavam o que os jovens sentiam, o que pensavam, o que queriam. Logo, se para eles, a ideia passada ( erroneamente, diga-se de passagem ), sobre Deus, significava ”prisão”, anulação, qual seria o contrario disso tudo? Primeiro ponto. Ok. Vamos em frente… a música é um veiculo, onde expressamos nossos sentimentos, o que achamos, e ninguém é obrigado a achar o que o outro acha, pensar como o outro. O limite disso, é o respeito a ideias distintas. Não me ofende nem um pouco, o Slayer cantar, que não acredita em Deus, que ele não existe. Esse limite de opinião, vira zona, à partir do momento, que você desrespeita a opinião, crença, conceitos do próximo. Há uma grande diferença entre eles cantarem o que cantam, e o Behemoth, ( banda de black metal ) ofender Deus, e rasgar bíblias no palco. Pode ser encenação, porém , já entra na seara do desrespeito à opinião do próximo. ”Ah, mas ouvir rock é errado, pecado !” , diriam alguns… legal! Imagine comigo: um cara como esse, trabalha em alguma empresa, ganha bem, e no emprego, tem um ateu, ou então, ou tem um chefe que também é certinho, diz que ama a Deus, mas sonega, rouba, etc. Porque então, ele não sai da empresa? Seria o ”correto”, não? Por último , gostaria de falar, sobre um papo, que tive com um coordenador de crisma, formado em artes, católico, assim como eu, e sua opinião sobre Slayer, Black Sabbath e afins: ”acho muito legal a temática deles, a interpretação no palco, com tom de maléfico, de filme terror”, e mais a frente, falando sobre essa interpretação, foi comentado ”… não entendo qual o problema disso… na Paixão de Cristo, possui uma pessoa que interpreta o demônio de fato…”. Nessas horas, podemos notar como o estudo, abre os olhos. Eu, acredito em Deus. Ponto. Não é porque Jimmy Page é todo místico, comprou até o castelo de Aleister Crowley ( sim, o famoso Mr. Crowley, da canção ), que eu vou deixar de ouvir Led Zeppelin, e ter um amor grande pela musicalidade deles, e admiração pelo jeito de tocar dele, e nem acho que algo de ruim, pode sair de dentro de um cd, porque o Iron Maiden, cantou ”666, the number of the beast”. Parece que certas pessoas ditas cristãs, dão mais poder a coisas ruins, do que às boas, que elas deveriam pregar. A imagem, ajuda a vender! Se você vê um cd do Sepultura, com um ”love” no meio do título, você achará que o cd é bom? Mas se eles botarem ”hell” , ”demon”, ou algo do gênero, já cai uma baba do canto da boca, e pensamos: ”porra, esse deve ser pesado pra caralho!”. Além de essas bandas não serem burras! Elas nunca vão ofender, xingar, nada religioso. Criticar, criar polêmica, ou questionar o que ninguém tem coragem de perguntar, causa polêmica, logo, chama a atenção. Ofender bruscamente ( leia-se black metal, e afins ), causa repulsa, e problemas, garantia de ”não-sucesso comercial”. Lembro-me de uma ex-aluna, que participava de várias atividades da igreja evangélica dela, e com 15 anos, possuía a maturidade de entender, e disse: ”gente… o rock é assim, somente para não perder a cara de mal dele”. Acho que é exatamente isso que falta em certas pessoas: maturidade para procurar entender, antes de falar ( ah….esqueci, é mais fácil dizer que é maléfico ) , e que Deus deve estar bem mais preocupado, se você respeita sua esposa/namorada, se você é educado com os outros, se você ajuda ao próximo, se você é empenhado no seu trabalho, faz com amor, busca usar o dom que você tem com qualidade, porque apontar o dedo na cara dos outros, ”dizendo o que é errado” é mole. Quero ver fazer 10% do que Jesus mostrou ( conceitos de bondade, que vão além do cristianismo ), e mostrar através dos atos, Seus ensinamentos.

Anúncios

Sobre hericksales

Guitarrista, professor de guitarra e violão a 11 anos.

Publicado em 3 de março de 2015, em Música e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Mano, sobre esse assunto eu sou totalmente neutro, Eu acredito em Deus e minha familia é Evangélica, porém eu não vou pra igreja e nem sou tão focado em religião, minha religião é propriamente neutra eu acredito em Deus, e que se fazer as coisas certas e ser fiel eu vou ser recompensado, não vou pra igreja simplesmente pelo fato de não gostar da alienação que ela impõe aos crentes. E quanto ao Rock as pessoas falarem que é do demônio etc… pra min sendo ou não sendo eu quero que se foda eu não estou adorando demônio quando estou escutando ou tocando Rock, Eu estou curtindo a melodia da música a letra etc… Eu fiz minha cabeça é bom as pessoas serem Donas de si e saber fazer suas próprias cabeças também independentemente do assunto em questão, tanto religião, quanto ideologias, cada um faz suas escolhas e cada um sofre a consequências de suas escolhas. 😀

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: